sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Mais um Natal...


Mais um Natal que passou.
E depois, o vazio...
Mais uma noite de Natal, um dia de Natal,
E depois o vazio...
Mais umas reuniões com a familia, o rever,
O matar saudades, o reviver de emoções,
E depois o vazio...
Mais uma mesa cheia, uma mesa vazia,
E as prendas e a alegria, e os sorrisos,
E depois o vazio...
Mas porquê? Porquê? Porquê se há tanta gente
Por esse mundo fora com menos, com nada!!
Porquê? Porquê este vazio?
Porquê este sentimento de ... ausencia e vazio?
Com tanta criança a pedir e a precisar de tudo o que temos?
Mas que doença é esta que nos torna tão egoístas?
Simplesmente porque sim... Porquê?
Porque somos humanos. Porquê tão vulneráveis?
Porquê quase presunçosos? Porque me sinto assim, sempre...
Ano após ano, depois de mais um Natal?
Talvez porque seja apenas
Mais um Natal...

3 comentários:

  1. Oi querida Susana,

    passando para deixar o meu carinho,
    com certeza ele não é do tamanho do teu vazio, mas já preenche um pouquinho!

    não temos todas as respostas mas podemos ter certezas, de que há luz no fim do túnel, é preciso caminhar mais um pouco e ter paciência.

    beijinhos,

    ResponderEliminar
  2. Susana,

    Quando tiver um tempinho, dá uma passadinha na Caverna, tem uma
    mensagem para você lá!

    beijos e carinho meu,

    ResponderEliminar
  3. Fico imensamente feliz de saber que a mensagem te alegrou um pouquinho!

    Isso mesmo, minha amizade é totalmente desinteressada, quero apenas que você seja feliz!

    Se perguntarem por que, responderei, porque sim! Porque Deus quer, então eu também quero!


    beijinhos,

    ResponderEliminar